A Viagem Certa - Tem coisa melhor do que falar sobre a viagem? Só a própria viagem!

O BLOG INDEPENDENTE COM AS MELHORES DICAS DE PARIS: AS QUE NÃO ESTÃO EM TODOS OS GUIAS

Andaluzia 4: Granada

7 de setembro de 2009
A expectativa em relação a Granada era alta, especialmente, por causa de Alhambra.
Começamos bem. Aliás, começamos muito bem: o nosso hotel (Almunia del Valle), localizado fora da cidade, em Monachil, era fantástico!  As fotos dizem tudo: banheira maravilhosa, cama ultra confortável, café da manhã muito gostoso e vista magnífica da Sierra Nevada!
Acho que não foi à toa que relaxamos tanto neste lugar no dia em que chegamos. Tínhamos que recarregar as baterias para o que ainda estava por vir.
No dia seguinte fomos direto ao centro, conhecer as ruas de lojas com artigos do Marrocos (Calderia Vieja e Calderia Nueva). Fiquei perdida. Eram tantas as opções que não consegui escolher um lustre daqueles bem típicos e coloridos, que eu queria tanto.
Ali, se quiser comer comida marroquina e tomar um chá de menta também vai encontrar. Mas eu não podia pensar em comer, só em beber! O calor derretia meus miolos!
Então, paramos para um chope no Cunini, bar de tapas magnífico indicado pela gerente do nosso hotel, que fica na Plaza de Pescaderia, 14. Ah, e o melhor você não sabe: a cada chope uma tapa surpresa (e grátis!) era colocada bem à nossa frente! Olha essa miga com sardinha!!!!
Na rua do bar e pela redondeza da Catedral você pode ver barracas e lojas de frutas, legumes, peixes, frutas secas e milhares de tipos chás. É uma perdição!
Conhecer Alhambra com calor de 39 graus na cabeça acabou com a gente! Aliás, isso nos deixou irritados, sem paciência e acho que até prejudicou o passeio.
Depois de 1 hora e pouco, torcíamos para acabar logo e tomarmos mais um chope no Cunini ou no bar vizinho Oliver! Quando enfim conseguimos chegar lá, ainda estavam fechados e tivemos que esperar um pouquinho. Mas nos despedimos com gosto de Granada!

Dicas
1. A siesta é levada muito a sério! Procure descobrir os horários antes de ir aos lugares!

2. Não pare nos restaurantes mega turísticos da Praça Bib-Rambla. Ande mais dois quarteirões e vá ver os locais se divertirem no Cunini e no Oliver. Vale à pena!
3. Se estiver de carro, pare no estacionamento da Puerta Real para andar no centro e, de lá, pegue um ônibus para Alhambra, que demora mais ou menos 10 minutos.
4. Compre pela internet seus ingressos para visitar Alhambra. Se deixar para comprar na hora, pode ter que dar meia-volta sem conhecer. Para comprar acesse o site oficial de Alhambra.
5. Reserve um dia inteiro e mais meio dia para curtir Granada. Se dormir duas noites, seu passeio será mais completo.
6. Veja com calma as barraquinhas de frutas secas, você vai se surpreender!

Deixe um comentário