A Viagem Certa - Tem coisa melhor do que falar sobre a viagem? Só a própria viagem!

O BLOG INDEPENDENTE COM AS MELHORES DICAS DE PARIS: AS QUE NÃO ESTÃO EM TODOS OS GUIAS

Hoje em Paris: Le Marché

18 de janeiro de 2011

O Le Marché é um restaurante delicioso no Marais. A primeira vez que estive lá foi em 2006, ocasião em que me foi indicado por minha prima que morou em Paris. Todas as vezes que voltei à cidade fiz questão de comer lá. E agora que moro aqui,  faço mais questão ainda. A sopa de cebola gratinada chega fervendo à mesa para espantar o frio. A entrada de queijo de cabra quente com erva-doce que vem numa trouxinha de papel laminado é dos deuses. O Magret de Canard (foto abaixo) ao mel e com batatas é absolutamente maravilhoso; a carne vem ao ponto e, por isso, super macia (dica: não peça para passar mais a carne, pois  perderá no sabor e a textura ficará firme demais). E a tarte tatin, acompanhada de creme ou sorvete, derrete na boca, exatamente como eu gosto. No jantar  o menu custa 23  euros  (entrada + prato ou prato + sobremesa). O Magret de Canard, que geralmente não está no menu, custa 19 euros. Place du Marché-Sainte-Catherine, metrô Saint-Paul – linha 1.

6 comentários para “Hoje em Paris: Le Marché”

  1. […] This post was mentioned on Twitter by A Viagem Certa, A Viagem Certa. A Viagem Certa said: Restaurante com ótimo custo benefício em Paris http://fb.me/yHJRmjqW […]

  2. […] – experimente sopa de cebola com queijo gratinado: qualquer bistrô tem a sopa, mas eu gosto de tomar no Les Phillosophes ou no Le Marché. […]

  3. […] Le Marché – hambúrguer maison suculento e  bem temperado, com queijo dentro de um pão torradinho (16 euros). Receita simples e perfeita, acompanhada de fritas crocantes. […]

  4. […] os meus pais no apartamento e depois seguir pro Marais, pra jantar com a Martinha e a Claudia no Le Marché. Foi chatinho pra achar a tal praça onde fica o restaurante, demos voltas e voltas, a praça não […]

  5. […] Sétimo dia: nos dividimos – eu, Gabe e Julia fomos pro Jardim de Luxemburgo fazer picnic e brincar no parque e os meus pais foram pro museu L’Orangerie (onde tem os quadros imensos das ninféias de Monet) e depois pra Montmartre, até a Igreja Sacré Couer. Como eu já tinha visitado esses lugares e a Julia tinha pedido pra brincar no Jardim de Luxemburgo, aproveitamos pra fazer um dia mais relax. Dei uma passadinha nas lojas infantis da Rue Vavin ali do lado (uma ao lado da outra!) e jantamos no Le Marché. […]

Deixe um comentário