A Viagem Certa - Tem coisa melhor do que falar sobre a viagem? Só a própria viagem!

O BLOG INDEPENDENTE COM AS MELHORES DICAS DE PARIS: AS QUE NÃO ESTÃO EM TODOS OS GUIAS

Meus endereços no 5e arrondissement

5 de maio de 2014

O 5e arrondissement é o bairro de Paris que engloba o Quartier Latin, a Rue Mouffetard, o Jardin des Plantes, o Phantéon e adjacências de Saint-Michel. Ele é, há 4 anos, o meu quartier, cheio de endereços e lugares que eu adoro, frequento e compartilho com vocês aqui neste post! Aproveite!

PARA DEGUSTAR

FEIRAS – São duas feiras que frequento no bairro. A da Place Maubert Mutualité (metrô Maubert Mutualité/linha 10) acontece às terças, quintas e sábados, das 7h às 13h30. Mas, como fica no Boulevard Saint-Germain, acaba sendo passagem e, por isso,lota demais aos sábados. Mas é muito boa. A minha preferida é a da Place Monge (metrô Place Monge/linha 7). Ela acontece às quartas, sextas e domingos das 7h às 13h30. Adoro o suco de maçãs da barraca que só vende maçãs! E o delicioso manakish, especialidade árabe de dar água na boca! A barraca de queijos da portuguesa (não sei o nome dela!!!) é maravilhosa também! Leia este post e saiba porque uma feira em Paris não é simplesmente um lugar para compras.

Place Monge

FROMAGERIE – O fromager Laurent Dubois já ganhou o prêmio de Meilleur Ouvrier de France. E o que quer dizer isso? Que ele é sumidade no assunto. A Sociedade de Meilleur Ouvrier de France existe desde 1929 e, a cada três anos, escolhe os melhores “artesãos” em determinadas categorias, entre elas a queijaria, premiando aqueles que privilegiam o processo de criação e o respeito aos valores e tradições. É preciso dizer mais de Du Bois? Experimente o Chèvre frais (queijo de cabra fresco), o Comté, o Mont d’Or, o creme de leite vendido a granel, a manteiga bordier, que tem fama de ser a melhor da França e as geleias. 47, Boulevard Saint Germain – Place Maubert Mutualité; ter/sáb. 8h30/19h30 e dom. 8h30/13h; metrô Maubert-Mutualité – linha 10.

fromager

CHARCUTERIE – Também localizada na place Maubert, a Charcuterie Guy Tavergnier tem duas especialidades apreciadas em casa: jambom blanc (presunto cozido) e rosette (espécie de salame)! 47, Boulevard Saint Germain – Place Maubert Mutualité; ter/sáb. 8h30/19h30 e dom. 8h30/13h; metrô Maubert-Mutualité – linha 10.

BOULANGERIE – Uma das lojas de Eric Kayser fica na Rue Monge, pertinho da praça Maubert, e tem uma baguette incrível, com casca bem crocante. Vai tão bem com a manteiga à venda no Laurent de Bois… Mas não deixe para ir encima do horário de fechamento, pois os pães acabam! 8, rue Monge; seg. e qua/dom. 6h45/20h30; metrô Maubert-Mutualité – linha 10. Para croissant, eu prefiro a Maison Gaumer, que tem o melhor croissant que já comi na cidade. 31, rue Monge; seg, ter e qui/sáb. 7h30/20h30 e dom. 7h30/19h30; metrô Cardinal Lemoine/linha 10.

BRULERIE À CAFÉ – Os café da Brulerie Maubert, torrados e moídos no local, tem verdadeiras iguarias vindas da Etiópia, Itália, Brasil e outros países. Grande variedade em chás. Conselhos para adequar sua compra ao seu paladar não irão faltar. Quem sabe não é a ocasião para testar uma verdadeira cafeteira francesa? 3, rue Monge; ter/sáb. 10h/13h30 e 14h30/19h;  metrô Maubert-Mutualité – linha 10. Para mais lugares do mesmo estilo em Paris, leia este post.

BIO – Bio é o termo que se usa para identificar os produtos orgânicos aqui na França. E a Touch of Bio tem de tudo: sucos, massas, frutas, legumes, verduras, queijos, frios e muito produtos sem glúten. A linha de produtos de limpeza é completa e super boa também. 30, Boulevard Saint-Germain; seg/sáb. 10h/20h.

PÂTISSERIES 

Pâtisserie Ciel – vende apenas um tipo de bolo, o Angel Cake, de massa ulra macia e sabor leve! 3, Rue Monge; ter/sáb. 10h30/23h e dom. 10h30/17h; metrô Maubert Mutualité/linha 10.

le ciel 2

Aux Merveilleux de Fred -além dos típicos suspiros, vende um brioche dos deuses! 2, rue Monge; ter/sáb. 9h/20h e dom. 9h/19h; metrô Maubert Mutualité/linha 10.

Carls Marletti – depois de adquirir experiência no Grand Intercontinental e no famoso Café de la Paix, Carl Marletti abriu sua própria loja, no fim de 2007, nas redondezas da Rue Moufettard. Conhecida pelo boca a boca, a pâtisserie de Carl oferece desde opções clássicas, como éclairs, babas e a inigualável tarte aux fruits rouges, ao surpreendente Censier, doce com ganache de chocolate e base crocante que explode na boca. 51, Rue Censier; ter/sáb. 10h/20h e dom. 10h/13h30; metrô Censier Daubenton/linha 7.

PIZZA  – Anna & Jo’s foi eleita a minha pizzaria em Paris, a que vou quase todo final de semana e que, além de perto de casa, é uma delícia. Além de pizzaiolo italiano, usa ótimos produtos e molho de tomate caseiro! 9 rue Pontoise; ter/dom. 12h/23h; metrô Maubert-Mutualité/linha 10.

anna & jo's 2

BURGER – Hamburguer virou moda em Paris. O meu preferido é o da Little Cantine, que tem uma das melhores fritas que já provei por aqui e hamburguer macio, num pão delicioso (by Gontran Cherier). 51, Rue des Écoles; seg. 12h/15h30; ter/qui. 12h/22h30; sex/sáb: 12h/23h e dom. 12h30/16h; brunch aos domingos, reserva sugerida; metrô Cluny-La Sorbone/linha 10.

Little Cantine 3

BISTROT – Meu queridinho L’AOC tem comida deliciosa, é especialista em carnes e tem o melhor steak tartare de Paris! Sophie se encarrega da recepção e do vinho. Na cozinha, Jean Philippe se dedica às especialidades da casa: carnes provenientes dos melhores produtores da França. E o casal recebe seus clientes como ninguém! 14, Rue des Fosse Saint-Bernard; ter./sáb. 12h/14h e  19:30/23h; metrô Cardinal-Lemoine/linha 10.

BAR – O Le Piano Vache fica numa rua tranquila do Quartier Latin. Escuro e descontraído, é o lugar para quem curte rock e o DJ manda muito bem! Há noites especiais de Rock anos 80, Punk Rock e jazz (veja a programação musical aqui). Costuma ficar cheio. Aviso: é impossível querer ir embora cedo!  8, Rue Laplace ter/sex. 12h/2h, sáb. 18h/2h; metrô Maubert Mutualité/linha 10.

BAR DE TAPAS –  O Dans les Landes  é um pedacinho do sudoeste instalado em Paris. O esquema é o tradicional: pratos e petiscos pequenos para dividir entre todos da mesa. Dicas: camembert empanado servido com maçã verde e erva doce (combinação de sabores perfeitas e crocância absoluta), xistorras (espécie de linguiça em tamanho aperitivo) servida com pimenta verde e camarão com molho thai. – 119 bis, Rue Monge; ter/sáb.  12h/23h; metrô Censier Daubenton ou Les Gobelins/linha 7.

SORVETE –  Não é francês, mas é um dos melhores sorvetes de Paris: Gelatti d’Alberto, que fica na rue Mouffetard. 45, Rue Moufettard; ter/dom.  12h/24h; metrô Cardinal-Lemoine/linha 10.

alberto

CREPE – Numa portinha apertada na Mouffetard, a multidão se aperta para comer um dos melhores crepes de rua da cidade. Para o crepe salgado, peça a massa feita com trigo sarraceno, chamada galette. Feito sem pressa, o crepe tem massa bem crocante e enrolada em formato de cone. Opções para o recheio não faltam; são mais de 20, além daquelas que você mesmo pode criar, com ingredientes básicos como queijo, ovo, presunto e bacon. 62, Rue Mouffetard; seg/dom. 12h/23h; metrô Place Monge/linha 7.

PARA PASSEAR AO AR LIVRE

Jardin des Plantes – Um dos parques mais bonitos da cidade. Nele estão localizados a Galerie de Paléontologie (10h/18h, todos os dias da semana, exceto às terças. Ingresso: 7 euros; os esqueletos de dinossauros são sucesso garantido!), a Grande Galerie de l’Évolution (10/18h, todos os dias da semana, exceto às terças. Ingresso: tarifa integral – 7 euros;  gratuito para criança menor de 4 anos) e o Zoológico, chamado Ménagerie (10h/18h, todos os dias da semana, exceto às terças. Ingresso: adultos – 10 euros; crianças de 4 a 16 anos – 8 euros). 36, Rue Geoffroy Saint Hilaire; seg/dom. 7h30/20h (17h no inverno).

jardin des plantes 1

Arenas de Lutece – As ruínas das Arenas são do Século II. Totalmente soterrada, a imensa arena (são 15 mil lugares sentados) foi descoberta em 1869 durante a construção da rue Monge. Hoje é um parque aberto ao público e funciona diariamente das 8h30 às 17h. No verão costuma ficar até 20h. Entradas pela Rue Monge e rue  ; metrôs Cardinal Lemoine/linha 10 ou Place Monge/ linha 7.

arenas de lutece

PROGRAMAS CULTURAIS

Collège des Bernardins -antigo monastério construído no Séc. XXII e recentemente restaurado, é um dos dois imóveis que sobraram da época na cidade; o outro é a Notre-Dame. Além de encontros e debates, promove exposições e muitos shows de música. 20, rue de Poissy; seg/sáb. 10h/18h e dom. 14h/18h; entrada gratuita.

Institut du Monde Arabe – centro cultural que reúne músicas, exposições e debates acerca do “mundo árabe”. Tem um restaurante delicioso e um terraço no último andar com vista maravilhosa da Notre-Dame e do Sena. 1, Rue des Fosses Saint-Bernard; 10/19h; terraço entrada gratuita.

Institut du Monde Arabe_ Paris vista do alto

Mosquée de Paris – 2, bis place du puits de l’Ermite. A Mesquita fica aberta à visitação: sáb./qui. das 9h/12h. e 14h/18h. O salão de chá/restaurante abre diariamente das 9h às 24h. O chá de menta é especial; vale à pena também pelo lugar!

jardim mesquita

RUAS QUE NÃO PARAM NUNCA

Rue Mouffetard – comidinhas, restaurantes, queijarias, bares, lembracinhas e cacarecos. Tem de tudo e é uma delícia.

mouf 3

Rue de la Montagne Saint-Genevieve – a pequena rua que sobre do Boulevard Saint-Germain até o Panthéon ficou famosa nas telas do cinema, com o filme Meia-Noite em Paris, de Woody Allen. É cheia de bares frequentados por estudantes da região. E não para nunca. Pertinho dela fica o bar Piano Vache, que indiquei acima.

COMPRINHAS

L’Arbre a Lettre Librairie – Pertinho da Rue Mouffetard fica esta livraria que, para mim, é uma das mais simpáticas da cidade. 2, rue Edouard Quenu; seg/sáb. 10h/19h30 e dom. 10h/13h30; metrô Censier-Daubenton/linha 7.

Eyrolles Librairie – A unidade é dedicada às artes manuais: costura, tapeçaria, mosaico, origami, patchwork e masking tape, a nova arte de criar desenhos com fitas adesivas coloridas. Já no subsolo ficam os livros e guias de turismo. E acredite: dá para fazer a volta ao mundo! 63, boulevard Saint-Germain; seg/sáb. 9h30/19h30; metrô Maubert-Mutualité/linha 10.

Pharmacie Monge – Não tenho como afirmar qual das duas é mais barata, esta ou acconhecida farmácia de Saint-Germain (CityPharma), pois depende muito do que vai comprar. Mas acho mais confortável fazer compras nela do que na outra e há promoções e preços bem atrativos. Rue Monge; seg/sex. 8h/20h e sáb. 8h30/20h; metrô Monge/ linha 7.

Tout Noté – com itens de papelaria e decoração, essa é a típica loja que me deixa louca. Eu seria capaz de comprar mais de 80% dos produtos que eles tem lá: sacolinhas e caderninhos das marcas La Marelle e Minilabo, Moleskines de todos os tipos, álbuns, bolsas, móbiles, necessaires, porta-moedas, cartões, bonequinhas japonesas, caixas para chá e mais, muito mais! 35, Rue Jussieu, seg./sáb. 10h30/19h30; metrô Jussieu/linhas 7 e 10.

tout note 1

Baptiste Fleurs – De uma pequena porta no 5eme arrondissement, saltam sob a calçada arranjos florais delicados e poéticos que convidam a entrar no mundo de Baptiste. Ele também é responsável pela floricultura situada na loja da Hermès. 51, rue Censier;  ter/sáb. 10h/18h; metrô Censier Daubenton/linha 7.

11 comentários para “Meus endereços no 5e arrondissement”

  1. Diva Schultz disse:

    Senhores,
    ótimas dicas, fico sempre no Hotel des Carmes e conheço bem a região, mas faltou mencionar o melhor e mais barato restaurante chinês do bairro: Mirama, 17 Rue Saint Jacques e sua famosa sopa de raviollis aux crevettes e todos os outros pratos, fartos e deliciosos!
    Diva
    ===

  2. Flávia disse:

    A feira da Place Monges é perfeita, a banca da portuguesa tem além dos queijinhos deliciosos um pastel de Belém divino.
    A Pharmacie Monge é mesmo muito barata, tem que ter disposição para disputar os cremes com os turistas que compram muito, ganhei vários brindes no caixa na hora de pagar

  3. Aurea Borne disse:

    Essa publicação (como sempre) está uma delícia!
    Conheço algumas das coisas mas ainda tem muuuuiiiito o que provar e rever! Dicas devidamente anotadas para a próxima visita a Paris!
    Parabéns, amo o blog e acompanho sempre para matar as saudades desse lugar que eu adoro! (eu sei, é clichê, mas é inevitável!)

  4. Paula Moreira disse:

    Muito bom!
    Já fiquei hospedada nessa região 2 vezes, adorei, fui à feira da Place Maubert e outros endereços que vc indicou como a Fromagerie e a sorveteria, perfeitos!
    Vontade de voltar para conhecer todo o resto!
    Bjs

  5. Amo esse local! Sempre me hospedo no Hotel Modern Saint German na Rue dês Écoles, perto de todos os endereços citados. Alguns não conhecia mas na próxima viagem irei conferir.
    Amo todas as suas indicações, são preciosas!!! Muito obrigada!!

  6. Joanice disse:

    Adoro seu site
    explicadinho
    uma delícia
    parabéns

  7. […] também: Meus endereços no 5e arrondissement; O lado asiático de […]

  8. Viviane disse:

    Adorei seu blog. Pena que só vim descobrir nos últimos dias da minha temporada de 5 semanas em Paris, hospedada no Quartier Latin. Também amo os pães do Eric Kayser e fui a alguns dos lugares que você cita. Aproveito pra indicar o Strada Café, na rue Monge, com um excelente expresso. Parabéns!!

    • Clau Gazel disse:

      Oi Viviane! Quase nos topamos então! Eu frequento lá!!!! Delícia, né?!? Beijão!!!

  9. […] dicas na região: Meus endereços no 5e arrondissement, por Claudia […]

  10. […] também: Meus endereços no 5e arrondissement; Un café s’il vous […]