A Viagem Certa - Tem coisa melhor do que falar sobre a viagem? Só a própria viagem!

O BLOG INDEPENDENTE COM AS MELHORES DICAS DE PARIS: AS QUE NÃO ESTÃO EM TODOS OS GUIAS

Rue Keller: a rua descolada do 11e arrondissement

16 de junho de 2014

Rue Keller 1_dicas de Paris

Localizada em um dos poucos bairros verdadeiramente alternativos de Paris, a Rue Keller é pequena no tamanho, mas cheia de conteúdo e personalidade. Em apenas um quarteirão, ela reúne pequenos tesouros, como a loja de coisinhas para a casa Loulou Adict (n. 25), a estilista Anne Willi (n. 13), especialistas em mangá como Mangá Toys (n. 11) e Mangá Neko (n. 22), o tatuador 23 Keller (n. 23), a loja de bijoux altamente recomendável Nadja Carlotti (n. 13bis) e o mais antigo comerciante da rua, L’Indien (n. 25, 30 e 36), que tem 3 lojas com tudo para quem curte um visual rock and roll, skate ou gótico. Bares e cafés frequentados pelos comerciantes e habitantes da região dão personalidade à região que, embora acorde tarde – muitas lojas abrem depois de 11h da manhã – é agitada, com um movimento constante, mas nada exagerado. Há pouco tempo, até um restaurante que traz no cardápio nome de grandes chefs firmou raízes ali. É um programa delicioso sempre! Confira aqui diversos endereços para você explorar na Rue Keller.

 

Rue Keller 2_dicas de Paris

Rue Keller 3_dicas de Paris

Rue Keller 4_dicas de Paris

Rue Keller 5_dicas de Paris

Rue Keller 8

Rue Keller 6_dicas de Paris

Rue Keller 7_dicas de Paris

Rue Keller 9_dicas de Paris

Rue Keller 10_dicas de Paris

Para comer e se divertir

Manger (n. 24) – é o que se pode chamar de um restaurante solidário. Não para quem ali come, mas para quem ali trabalha. O projeto foi criado pela Associação Toques & Partage, sob a coordenação de Thierry Monassier, e tem o objetivo de inserir no mercado de trabalho pessoas que se encontram à margem da sociedade. É um local de aprendizado para uns e de amor à gastronomia para outros. Os renomados chefs Michel Trama, Pierre Gagnaire, Christophe Michalak, Yannick Alleno, Akrame, David Toutain e William Pradeleix são responsáveis pelo Diner des Chefs, jantar que acontece todas as noites e que você pode degustar com reserva prévia no restaurante. Reservas pelo site; tel. + 33 1 43 38 69 15; ter/sáb. almoço e jantar.

Café Moderne (n. 19) – simpático café com ar retrô e que serve pratos simples, como saladas, tartares e hambúrgueres. É também  especialista em coqueteis e, portanto, ideal para o happy hour!  ter/sáb. 12h/15h e 19h/00h e dom. 12h/15h.

Pause Café – localizado bem na esquina da Rue Keller com a Rue Charonne, ele vive lotado, especialmente porque tem um terraço delicioso e ensolarado quando o tempo ajuda. Serve pratos durante o dia todo e tem brunch aos domingos (18 euros). É um dos principais pontos de encontro de moradores, comerciantes e frequentadores desse simpático e super descolado canto do 11e arrondissement. 41, rue de Charonne; tel. + 33 1 48 06 80 33; ter/sáb. 8h/2h e dom. 9h/20h.

Centreville – fica bem em frente ao Pause Café e também tem um terração, tão disputado quanto o outro. No cardápio, porém, há opções mais elaboradas. Serve brunch aos domingos (15 euros). O público é exatamente o mesmo! 43, rue de Charonne; ter/sáb. 8h/2h e dom. 9h/20h.

Para comprar ou lamber vitrine

Boudoir du Regard (n. 1) – especialista em sobrancelhas; tel. + 33 9 81 76 54 20; seg/sáb. 10h/19h.

Des Petits Hauts (n. 5) – roupas desenhadas por uma das fundadoras da marca, criada em 2000, e bijoux de jovens designers; tel. + 33 1 43 38 14 39; seg. 14h/19h30 e ter/sáb. 10h30/19h30.

Mangá Toys (n. 11) – especialista em mangás (história em quadrinhos japonesa); tel. + 33 1 48 06 79 00; ter/sáb. 10h30/19h30.

Anne Willi (n. 13) – estilista cheia de originalidade, com roupas atemporais e clássicas.

Nadja Carlotti  (n. 13bis) – bijoux e itens de papelaria divertidos e coloridos. tel. + 33 1 79 25 05 20; ter/sáb. 11h/19h30.

Mangá Neko (n. 22) – mangás novos e de ocasião; seg/sáb. 10h30/19h30.

23 Keller (n. 23) – estúdio de tatuagens e body piercing; tel. + 33 1 47 00 73 60; ter/sáb. 14h/20h.

Loulou Adict  (n. 25) – Louças, toalhas, potinhos, velas e guardanapos com estampas e cores lindas; tel. + 33 1 49 29 00 61; ter/sex. 11h/14h e 15h/19h e sáb. 11h/19h.

L’Indien (n. 25, 30 e 36) – são 3 lojas, uma pertinho da outra e são divididas por temas como rock in roll, skate e outros; tel. + 33 1 49 29 00 61; ter/sex. 11h/14h e 15h/19h e sáb. 11h/19h.

5 comentários para “Rue Keller: a rua descolada do 11e arrondissement”

  1. Mara Beira disse:

    Eu acabei de chegar de Paris e, realmente, este arrondissement é bárbaro.Ele é tranquilo e menos turístico. Uma dica bem bacana é comprar vinhos na Divvino, 163 – Boulevard Voltaire, na esquina com a Rue de Charonne.
    Outra dica bem bacana no mesmo bairro também, é o Septime Restaurant – 80, Rue de Charonne.
    Eu adorei as suas dicas! Un grand merci.

    • Clau Gazel disse:

      Que bom que aproveitou. Eu adoro e frequento esta região. O Septime é mesmo bom, embora eu prefira a Cave ao restaurante. Ele também está no blog e em nosso guia VIVA PARIS. Bjs

  2. […] Leia também: Rua Keller, a rua descolada do 11e […]

  3. Jucimara Dolfini de Oliveira disse:

    Clau, adorei as bolsas e echarps da Nadja Carlotti!! Bjs